Staff
Parceiros

Civis

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Civis

Mensagem por Narrador em Qui Out 24, 2013 7:23 pm


Freya
212 anos ∞ Calwell ∞ Megan Fox ∞ Ocupada

Belle, mãe de Freya, tivera uma gravidez muito complicada e muitos acreditavam que nenhuma conseguiria sobreviver. A gravidez de uma vampira é deveras complicada e põe a vida em risco tanto da mãe quanto a do bebê, a família não tinha recursos para ir no médico, todos sabiam que alguém ali ia acabar morrendo. A mulher vivia pálida, quase não comia, tinha mais enjoos do que o normal e não tinha forças para nada; mas por um milagre qualquer, as duas consegueriam passar pelo parto tranquilamente. Belle dera a luz a uma menininha forte e saudável para a felicidade de todos.
Aos dez anos a garotinha perdeu o seu pai e essa foi a sua grande primeira lição sobre a vida. Se apegar a alguém, amar alguém não é bom. Porque um dia, mais cedo ou mais tarde, por um motivo ou outro, você acabará perdendo essa pessoa e a dor vai vir...
Para Freya não existe baixo astral, ela está sempre com um sorriso nos lábios e costuma sempre agir por impulso, é muito entusiasmada e sua felicidade geralmente contagia os demais.
Por vir de uma família de meros civis, tornou-se muito independente, começando a lutar suas próprias batalhas desde cedo. Não gosta de pedir ajuda e nem depender de ninguém, a mera ideia de ter que sobreviver para um homem ou se alimentar apenas de um a deixa indignada. Nunca foi uma garota sonhadora e não espera que apareça algum princípe estúpido montado num pangaré para salvá-la.
Apologize


Ehlena
354 anos ∞ Calwell ∞ scarlett johansson ∞ Ocupada

Inicialmente, Ehlena era um membro da Glymera, porém, sua mãe veio a óbito e seu pai acabou enlouquecendo com isso e veio a tacar fogo na própria casa em que moravam e desde então tudo desandou.
Os problemas de seu pai tornaram-se cada vez mais fortes e foram piorando,ele ficou quase louco. Não se lembrava do que tinha ocorrido, do que fizera e nem que perderam tudo. Não sabia que agora eram apenas vampiros comuns, eram civis e não tinham mais nenhuma posse, nada de valor.
Como não tinham mais nada, Ehlena se viu obrigada a trabalhar e foi parar na clínica do doutor Harvers, onde veio a conhecer Rehvenge, um paciente que a intrigava muito mais do que o recomendado.
Ao descobrir que ele era meio Sympath, se afastaram e quase achou que ele estava morto, mas com a ajuda da Irmandade, conseguiu achá-lo e salvá-lo e estão juntos desde então.
Apologize


Sienna
107 anos ∞ Caldwell ∞ Jennifer Lawrence ∞ Ocupada

Sienna não tem medo de pegar no pesado. Sendo apenas uma Civil, ela não se pode dar ao luxo de negar certos trabalhos que aparecem, até porque precisa colocar comida dentro de casa.
Mora com seus pais e nunca se emparelhou com macho algum; até porque eles realmente não estão interessados nela, pois ela não possui nenhuma condição financeira e também porque ela não para de trabalhar. A sociedade dos vampiros é extremamente machista e eles não aceitam ter uma mulher trabalhando. Eles querem ter uma dama, uma dondoquinha sem nada na cabeça, como Sienna sempre diz, e não uma fêmea durona e sem educação.
Só que ela não é assim e nunca foi e não pretende tornar-se uma agora. Ela não tem nada contra o emparelhamento, ela apenas não quer ter sua vida podada por causa de algum macho que venha a conhecer.
E apesar do seu jeito durão, mandona e marrenta, Sienna tem um bom coração. Ela tenta levar a vida pelo lado bom, então ao mesmo tempo em que é seria e mal humorada (com aqueles que não conhece), ela também é engraçada, e meiga.
Apologize


Abbigail
210 anos ∞ Caldwell ∞ Nina Dobrev ∞ Livre

O pai de Abbigail foi morto brutalmente pela sociedade Lesser, e após tê-lo perdido, justamente o homem que todo mês trazia dinheiro para casa, ela se viu obrigada a começar a trabalhar. Já que não achava justo que apenas sua mãe trabalhasse para manter as duas.
Porém, a mulher não obteve tanto sucesso assim em obter algum emprego, batendo de porta em porta, ela acabou ouvindo sobre o ZeroSum, como eles sempre gostavam de ter belas garotas lá, servindo os clientes.
Isso não era algo que a agradava. Bem, ela realmente detestava ter que se vender, mas o que ela podia fazer se aquela era a unica oportunidade que lhe aparecia?
Assim, foi até o clube e conseguiu uma vaga por lá, onde trabalha todas as noites. Bem, ao menos o salário era bom e as gorjetas sempre eram satisfatórias.
Apologize


Harris
278 anos ∞ Caldwell ∞ Ian Somerhalder ∞ Livre

Harris vive apenas com sua mãe, uma vez que nunca veio a conhecer o seu pai e sua mãe nunca lhe contou quem era o macho. Ele jamais soube que era algum civil ou um membro da Glymera. Ele aposta todas as suas fichas no último, é claro.
E provavelmente sua mãe acabara se envolvendo com um macho já emparelhado, mas o que ele podia fazer em relação a isso? Jamais a julgara e não é agora que ele começaria a fazer isso, ama demais a sua mahmen e não se importa com o que ela fizera ou qual era o seu pai. Ele a tinha e isso lhe bastava.
Mas, o que realmente o leva a crer que seu pai é um membro da Glymera é que, todo início de mês, sua mãe recebe uma enorme quantia em dinheiro e isso não vem de seu trabalho. Completamente suspeito.
Ele não se importa e nem faz perguntas, até porque assim ele e nem sua mãe precisavam se matar trabalhando.
Apologize


Illium
173 anos ∞ Caldwell ∞ Zach Roerig ∞ Livre

Assim como várias pessoas da classe Civil, Illium nunca teve a chance de conhecer realmente o seu pai, só o via através da meia dúzia de fotos que sua mãe ainda mantinha guardadas.
Seus pais ainda eram apenas namorados e de acordo com sua mahmen, os preparativos para o emparelhamento já estavam começando a serem tomados. Como hora, local, quem eles iriam convidar para a cerimônia.... Eles estavam com um pouco de pressa, é claro, já que a mulher estava grávida.
Mas então o homem, pai de Illium, simplesmente sumiu do dia para a noite. Não deixara nenhuma carta, não tinha dado um único aviso sequer de que estava indo embora, não houvera um único indício de que o homem não estava feliz com aquilo.
Seu desaparecimento fora algo completamente inesperado, que devastara a mulher e a deixara perdida, com uma terrível sensação de ter sido abandonada a beira do altar.
A criança nasceu e desde cedo tornou-se o homem da casa, protegendo e cuidando de sua mahmem.
Apologize


Slade
237 anos ∞ Caldwell ∞ Steven McQueen ∞ Livre

Quando era ainda um mero pretrans, por volta de seus quinze anos, Slade viu o seu pai morrer. Presenciara toda a cena, assistiu em primeira mão o quanto um Lesser pode ser frio, cruel e completamente insano.
Afinal de contas, eles eram apenas humanos antes de se tornarem aquilo. Não tinha nada contra os humanos e isso levava Slade a pensar que eles sempre foram malucos. Completamente insanos.
Mas voltando ao que realmente interessava, ele vira a cena toda. O Lesser tinha surgido do nado, em um momento estava apenas ele e o seu pai caminhando tranquilamente pelas ruas de Caldwell; o jovem gostava de acompanhar o pai durante o trabalho, assim ele podia ajudar no que fosse possível e de quebra ganhava uns trocados e assim poderia ajudar as coisas em casa; e no momento seguinte aquele homem extremamente branco e com um cabelo mais branco ainda surgira.
O homem olhara para eles e sorrira de um modo tremendamente diabólico e isso gelou até o último osso de Slade.
O Lesser amarra as mãos do menino e o tinha amordaçado também, para que não chamasse tanta atenção e então voltou sua atenção para o vampiro e fizera o que sabia fazer de melhor. O matara. Mas é claro que antes tinha rolado toda uma tortura.
Talvez, o sangue e o aroma do Lesser tenha denunciado a sua posição, já que alguns minutos depois grandes homens surgiram, mataram os Lesser e então o salvara.
Era a Irmandade, é claro.
Ao vê-los em ação, Slade sentiu-se profundamente aliviado e triste. Aliviado porque não iria cair nas mãos daquele maldito doente e triste porque tinha perdido a única pessoa que tinha um sua vida. Talvez morrer tivesse sido melhor. Não teria que viver sozinho e não iria precisar se cuidar, vivendo com medo, sempre olhando por cima de seus ombros. Com medo.
Depois daquela noite, tudo o que ele queria era se tornar um Irmão. Ele sabia que isso era impossível e já como ele não tinha uma linhagem pura, ele iria cuidar de si, ficar o mais forte possível, treinaria sempre que tivesse tempo e dinheiro sobrando e na próxima vez que um Lesser cruzasse o seu caminho, ele iria poder se defender e matar o desgraçado.
Apologize


Steven
196 anos ∞ Caldwell ∞ Sam Claflin ∞ Livre

Relativamente jovem para um vampiro, Steven odeia a vida que leva e sempre odiar.
Ter que trabalhar e pegar no pesado sem sombra  de dúvidas não é o seu forte, mas como vem de uma família simples, onde ninguém possui grandes posses, além dos poucos metros quadrados em que moram, Steven se ve obrigado a trabalhar.
Como ele gosta de dizer, ele nasceu para a grandeza. Para ser um membro da Glymera. E não pra ser um peão como vários outros. Não quer ser apenas mais um na multidão.
Por isso, sempre que poda, sempre que dá, ele vai para o ZeroSum se divertir e caçar uma fêmea com grande potencial para se casar e então bancá-lo. E que se danasse as etiquetas e formalidades, desde que o Rei Wrath assumira o trono várias coisas tinham mudado e se ele conseguisse conquistar uma jovem (na verdade, nem precisava ser jovem, desde que o bancasse estava tudo certo para ele) da Glymera para ele  sua vida finalmente entraria nos eixos e as coisas iriam melhorar. Ele iria levar a vida que sempre quis.
Steve é, na verdade, um grande caça dotes.
Apologize
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 76
Data de inscrição : 22/10/2013

Ver perfil do usuário http://adaganegra.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum